1 Desapego é abrir mão do passado e abrir espaço para o novo
Desapego, a arte de desapegar

Desapego: abrir mão do passado

Quando um ciclo se fecha e outro se inicia, pensamos nas coisas novas que virão. Todos querem o novo, pois traz possibilidades de melhorar o que parece estar ruim e promessas de felicidade.

Por isso no início de cada ano pode ser um ótimo momento para fazer uma faxina, para jogar fora o velho e abrir espaço para que o novo entre. Isso não quer dizer que exista uma data para começar!

Como na respiração, um constante ciclo de entrada e saída de ar.

Quantas coisas somos capazes de acumular com o passar dos dias? Desde bens materiais até apegos emocionais!

Desapegar de pertences é um problema para a grande maioria das pessoas. Claro que temos objetos particularmente especiais, que nos trazem satisfação ou vivências e lembranças que queremos guardar na memória.

Mas se fizermos uma avaliação verdadeira, constataremos que muito do que guardamos não serve mais a nenhum propósito. É entulho!

Podemos nos tornar um depósito de coisas inúteis que podem até se revelar nocivas. Com a ideia ilusória de precaução, de que um dia possamos precisar de algo que não nos serve mais, vamos acumulando coisas no fundo do baú.

Quantas coisas depositadas em nossos baús! Decepções, tristezas e mágoas advindas de experiências negativas são também arquivadas e deixadas esquecidas no fundo de alguma gaveta.

Só trazem sofrimento.

E esperamos pelo novo! Entupidos de coisas velhas e com carência de espaço.

Levantar as mangas para uma faxina é por em prática o discernimento entre o que deve ser guardado, do que precisamos para sermos felizes e o que deve ser deixado para trás, no passado.

Não é fácil, pode até ser doloroso, mas com certeza, traz um resultado muito gratificante!

A psicoterapia pode ajudar!

Desapego: abrir mão do passado

 

Leia também nosso Blog! Artigos especialmente escritos para você!

email

You may also like