Você pratica shopping terapia?

Você pratica shopping terapia?

É uma delícia arrasar na festa com um belo vestido novo ou desfilar com a bolsa que exigiu meses de economia até ser comprada!


Comprar algo que se necessita ou deseja é uma atividade prazerosa que nada tem de anormal.

Mas o comportamento de comprar também pode ser patológico.

A compulsão por compras geralmente se inicia de um modo normal e cotidiano, podendo permanecer encoberta por muitos anos, até que irrompe, geralmente através de um desastre financeiro, gerando problemas psicológicos, relacionais e de trabalho.

Caracteriza-se pela repetição de episódios onde a pessoa sente um impulso incontrolável e irrefreável de comprar, mesmo reconhecendo que são compras excessivas e desnecessárias. Geralmente, ela reconhece que tem um problema que gostaria de controlar, mas não consegue. A pessoa acometida pelo distúrbio passa por uma sequência de fases:

 

1.      Ocorrência de pensamentos e urgência para comprar. Muitas vezes um objeto é percebido como uma oportunidade única, gerando uma excitação, energia e até sensações viscerais como ondas de calor, etc. Essa fase é geralmente precedida por emoções e sentimentos como tristeza, raiva, ansiedade e tédio;

2.      Implementação do comportamento de compra onde há uma sensação de bem-estar e um bloqueio da noção de tempo;

3.      Realização da compra, onde há uma excitação quase sexual e uma gratificação imediata frente aos objetos que avalia como indispensáveis.

A excitação se transforma em culpa, vergonha e decepção, após a concretização da compra.

Geralmente a pessoa não tem necessidade real dos objetos comprados ou eles nem condizem com seu gosto pessoal, permanecendo esquecidos ou escondidos numa gaveta.

O problema é prevalente na população feminina (mais de 90% dos casos).

Tem origem na infância e dentre as causas podemos citar a relação permissiva com os pais (ou com um deles), ou carências afetivas que o consumo exagerado busca compensar.

Você corre para o shopping quando tem um problema?

A psicoterapia pode ajudar!

Você pratica shopping terapia?

 

Saiba também sobre Ansiedade- Normal ou patológica? e Compulsão alimentar – Saiba se você é compulsiva e ainda em nosso blog, Sintomas da culpa e suas mil e uma faces!

email

You may also like